URIDU Saúde Família Trabalho

Como posso aprender a me valorizar se eu tiver uma deficiência?

Se a mulher cresce com o apoio de sua família, escola e comunidade para ter a melhor vida que ela pode, ela terá muitos sentimentos de autovalorização, sendo ou não portadora de deficiência. Mas se a mulher cresce sentindo que ela vale menos do que os outros por ter uma deficiência, ela tem se esforçar muito para aprender a valorizar a si mesma. Esse processo nunca é fácil, mas pode ser feito seguindo pequenos passos.

O primeiro passo é conhecer outras pessoas.
Conforme outras mulheres te conhecem, elas vão perceber que mulheres com deficiência não são realmente diferentes de mulheres sem deficiência. Cada vez que você sai fica mais fácil conhecer e conversar com outras pessoas.

Um segundo passo é criar ou participar de um grupo de mulheres.
Conversar com outras pessoas pode ajudar a compreender as suas próprias forças e fraquezas. Um grupo pode oferecer um lugar seguro onde as mulheres podem falar livremente - contanto que todos concordem em não falar fora do grupo sobre qualquer coisa que é dita no grupo.

Você também pode criar ou participar de um grupo de mulheres com deficiência e partilhar as suas ideias e experiências sobre os desafios especiais de se ter uma deficiência. Vocês podem apoiar-se mutuamente através de bons e maus momentos.

Vocês também podem se apoiar mutuamente em seus esforços para aprender a ser independentes. Em todo o mundo há mulheres com deficiência trabalhando como médicas, enfermeiras, comerciantes, escritoras, professoras, trabalhadoras rurais e líderes comunitárias. Ajudando umas as outras, é possível começar a se preparar para o futuro, como faria qualquer mulher.

IMPORTANTE: Foque no que você pode fazer, não no que você não pode fazer.